O prefeito de Morro de Chapéu, Léo Dourado (PL), foi multado em R$ 5 mil pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) em razão do julgamento parcialmente procedente de denúncia por conta de irregularidades na contratação da médica Anna Laura Ribeiro Oliveira, através da empresa “G.A.D Serviços Médicos Ltda ME”, para prestar serviços ao município. 

Foto: Arquivo BNews

De acordo com o relator do caso, conselheiro Fernando Vita, há incompatibilidade de horários nos serviços prestados pela médica, além de existência de suposto nepotismo na contratação, pois Anna Laura vive em união estável com o prefeito, atentando contra os princípios da moralidade, isonomia e da impessoalidade. 

Por fim, o TCM também apurou que houve irregularidade nos pagamentos efetuados à médica no mês de junho de 2018, período em que esta teria viajado por vários dias para fora do país. Considerando isto, foi determinada a restituição ao erário do valor de R$ 4,2 mil. Ainda cabe recurso da decisão. 

O BNews tentou contato com o prefeito, mas a ligação não foi atendida até a publicação da matéria. 

Fonte: BNews