O homem suspeito de matar a companheira, em Porto Seguro, no extremo sul da Bahia, teve a prisão preventiva decretada nesta segunda-feira (16) e segue preso. A vítima morreu após dar entrada, com lesões pelo corpo, no Hospital Deputado Luís Eduardo Magalhães.

A Polícia Civil da cidade informou que o óbito da mulher ocorreu na sexta-feira (13). Investigações iniciais apontam que Ana Maria Neres dos Santos foi vítima de feminicídio. Ela tinha lesões no braço e na cabeça.

Familiares de Ana Maria Neres informaram a polícia que antes dar entrada no hospital, na sexta, ela teria discutido com o companheiro. A mulher caiu do primeiro andar da janela da casa onde morava e a polícia também investiga se ela pulou da janela para fugir das agressões ou se foi empurrada.

Ao ficarem cientes da morte de Ana Maria, os policiais foram em busca do suspeito e o encontrou na Rua dos Curiós, no bairro Vila Parracho. O homem foi encaminhado para a delegacia.

À polícia, o homem disse que discutiu com a companheira e que ela pegou algumas facas. Na ocasião, segundo ele, a vítima estaria com facas na mão. Em depoimento ele contou que teria retirado e quebrado esses objetos que estavam na mão da companheira.

Disse ainda que a ela teria se jogado da janela do primeiro andar da casa. A polícia informou que o fato relatado pelo suspeito não ficou evidenciado nas primeiras investigações.

Aos policiais, o homem não confessou o crime, mas de acordo com a Polícia Civil da cidade, ele foi autuado em flagrante por causa de evidências apontadas na perícia.

Mulher morre apos dar entrada em hospital e polícia aponta que ela pode ter sido vítima de feminicídio em Porto Seguro, na Bahia — Foto: Redes Sociais
Homem que foi preso suspeito de matar a companheira em Ilhéus — Foto: Redes Sociais

Fonte: G1