Lua de sangue: eclipse será visto em Ipirá e terá duração de 51 minutos

Os ipiraenses terão pouco mais de 50 minutos para apreciar o eclipse da lua mais longo do século. O fenômeno natural é resultado do alinhamento entre a Terra, o Sol e o satélite, porém com o planeta entre os dois corpos celestes.

O eclipse começa a partir das 16h30, porém a lua demora a aparecer no Brasil – África e Europa são os melhores lugares para acompanhar o fenômeno.

Na região de Ipirá, olhar para a lua a partir das 17h22 permite assistir ao espetáculo natural, que deve ter seu ápice até as 18h13, de acordo com informações do Uol.

Os horários na região costeira do país são muito parecidos, pois a área é a de melhor visualização do eclipse. No entanto, o fenômeno pode ser observado em todo a Bahia em intensidade similar e com variações de duração.

O eclipse

Um eclipse lunar total acontece quando Sol, Terra e Lua se alinham, quando nosso planeta faz uma sombra no satélite. Isso faz a Lua ficar escura, perder o brilho, e é um fenômeno que pode ser visto a olho nu. Quem lembra do eclipse solar total que aconteceu nos Estados Unidos em agosto do ano passado sabe que é importante usar óculos especiais. No caso do eclipse da Lua, basta olhar para o céu: usar uma luneta ou um binóculo pode ajudar.

O fenômeno começa às 16h30, mas a Lua não terá nascido no Brasil. Mesmo assim, vamos poder observar uma parte da fase total – quando o satélite está inteiro na sombra – e da fase parcial (umbra). É só esperar a Lua nascer. Tudo acaba às 19h19.

Eclipse visto do espaço

Com informações do G1