Moradores do Loteamento 7 de Julho nas imediações da Fundal e do Centro Paroquial de Ipirá estão revoltados com o descaso do Poder Público para com as más condições do local que fica bem próximo da Secretaria de Infraestrutura.

Já se passaram mais de sessenta dias das fortes chuvas de trovoada que deixaram grandes crateras interditando parte de ruas e colocando em risco, pedestres e motoristas que trafegam pelas imediações. A rua que dá acesso a Faculdade Eugênio Gomes está com uma imensa cratera que comprometeu parte do passeio do órgão e até um cavalete da prefeitura que interditou parte da rua por causa de um esgoto estourado, já se encontra coberto pelo mato.

Outro ponto crítico é a ladeira da cacimba, que dá acesso ao Centro Paroquial e a estrada do povoado de Nova Brasília. Com as fortes chuvas, uma imensa cratera se formou ao lado da estrada, reduzindo a passagem de veículos e colocando em risco o trafego de veículos principalmente à noite. Com a erosão no local, um poste de alta tensão existente no local, está com sua base comprometida.

O pé da ladeira se tornou também um local de despejo de animais mortos e restos de animais provenientes de açougues que exalam forte mau cheiro, além da quantidade de entulho também no local.

O Loteamento está tomado por buracos, entulho e muito mato, proveniente de lotes não construídos, onde cabe a prefeitura uma fiscalização e punição aos proprietários, já que os moradores estão convivendo com a presença de amimais peçonhentos como cobras e escorpiões.

“Não merecemos conviver com tanto descaso num local onde existem ótimas construções. Além de não termos saneamento básico, também pagamos IPTU. Queremos respeito e qualidade de vida. O ex-secretário de Infraestrutura senhor Frank é morador do local e conhece como ninguém essa nossa realidade” disse uma moradora.

Semana passada a redação do Caboronga Notícias esteve em contato com o secretário de Infraestrutura Celso Dantas e relatou a situação do Loteamento. Ele informou que os vereadores estavam devolvendo as máquinas que estavam recuperando estradas no interior do município e que a partir de segunda-feira (13), a Secretaria estaria iniciando a requalificação do loteamento, o que até então não aconteceu.

Por Caboronga Notícias

Compartilhe nas redes sociais!