Durante pronunciamento na sessão da Câmara de Vereador nesta terça-feira (21), o vereador oposição, Weima Fraga, fez graves denuncias contra o executivo municipal.

Dentre as denuncias, Weima afirmou que a prefeitura pagou no mês de janeiro deste ano, o montante de R$ 12.053,58 reais, referente ao aluguel de uma Van Master que, segundo o vereador, jamais foi vista prestando serviço a população de Ipirá.

Segundo o parlamentar, o veículo está no nome de uma pessoa que mora no município de Baixa Grande, e que na prestação de contas da prefeitura junto ao TCM, consta o nome de um morador do Povoado da Conceição, como sendo a pessoa responsável para conduzir o veículo.

Conforme Weilma Fraga, a prestação de contas mostra ainda que há duas vans do mesmo modelo prestando serviço ao município, mas somente uma delas é vista servindo a população: “uma delas é de faxada“.

De acordo com documentos enviados pelo vereador à redação do Ipirá Notícias, a modalidade dos alugueis é por diárias que custa R$ 547,89 reais cada, sendo que o combustível é por contra da prefeitura, ou seja, além do montante de R$ 12 mil pago no mês de janeiro, pelo aluguel de uma das vans, certamente a prefeitura ainda pagou pelo combustível gasto nas supostas viagens.

O vereador ainda chama atenção para a quantidade de diesel que as vans consomem por quilômetro rodado. Nos documentos enviados por ele mostra que, durante 10 dias do mês de novembro de 2018, cada veículo consumiu 345 litros de diesel para percorrer 1.037 quilômetros, ou seja, cada van faz apenas 3 quilômetros por litro. Esse consumo é o mesmo de um micro-ônibus, segundo consta nos documentos abaixo:

Assista o discurso do vereador