Após a manifestação da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a Justiça Federal emitiu um comunicado informação para que a Polícia Federal se prepare para transportar o petista até São Paulo, onde deve acompanhar o velório e o sepultamento do neto, Arthur Araújo Lula da Silva. O garoto morreu na manhã desta sexta-feira (1º), aos 7 anos, vítima de um quadro de meningite meningocócica.

A decisão não é oficial, porém, segundo a Folha de S. Paulo, agentes e delegados da PF já preparam a logística para deslocar o ex-presidente para o interior de São Paulo, onde Arthur deve ser enterrado.

VAVÁ

No final de janeiro, os advogados de Lula pediram que o petista fosse autorizado a se despedir do irmão Genival Inácio da Silva, mais conhecido como Vavá. À época, a juíza Carolina Lebbos negou o pedido, porém a defesa conseguiu a liberação no Supremo Tribunal Federal (STF) para que Lula fosse ao velório. No entanto, como a decisão foi tomada após o enterro, o ex-presidente optou por não se deslocar até São Bernardo do Campo.

Fonte: Bahia Notícias

COMPARTILHE
Tag