Bandidos da facção Bonde do Maluco (BDM) realizaram diversas ameaças por meio de WhatsApp e também de ligações telefônicas para comerciantes e moradores da cidade de Seabra, na região da Chapada Diamantina.

José Francisco Lumes,Vulgo Zé de Lessa Crédito : Divulgação

Os ataques foram iniciados desde a morte do fundador da organização criminosa, José Francisco Lumes, o “Zé de Lessa”, que morreu em confronto com a polícia do estado do Mato Grosso, na madrugada desta quarta-feira (04/12).

Um áudio enviado ao Informe Baiano mostra a ousadia dos marginais, que fazem ameaças diretas. Escute abaixo:

Os bandidos disseram ainda que ““se rolar festa, nós ‘vai’ botar pânico na cidade como vocês nunca ‘viu’. Não queira ver”.

“A covardia que fizeram com o ‘veinho’ não vai ficar de graça, não. Vai ter uma cobrança doida”, concluiu o traficante que atua como porta-voz da facção.

Por conta das ameaças, eventos foram cancelados na região, a exemplo da Festa das Patroas, que teria a participação da cantora Anna Catarina e aconteceria nesta sexta-feira (6/12) no município de Itaquara.

Fonte: Informe Baiano

COMPARTILHE