Em entrevista à GloboNews, nesta quinta-feira (18), o governador Rui Costa disse que “não faz sentido a Anvisa ficar protocolando, demorando, a passos de tartaruga e com má vontade, o registro de outras vacinas como a Pfizer, a Sputinik V e a vacina indiana”.

Ele citou exemplos de estados do Nordeste que estão com dificuldade de lidar com os efeitos da pandemia e afirmou que é preciso aumentar o leque de oferta dessas vacinas. “O Ceará também decretou Toque de Recolher, o governador do Rio Grande do Norte, em Fátima, declarou que também está entrando no esgotamento da oferta de leitos”.

O governador também fez um alerta importante dizendo que “nós estamos com muita gente sendo contaminada pela segunda vez”. Rui ressaltou que uma nova cepa do coronavírus já está presente na Bahia e informou que boa parte das pessoas reinfectadas necessita de internação.

“Nós estamos com muita gente sendo contaminada pela segunda vez. Essa nova cepa do vírus já está presente na Bahia. Muitos que foram contaminados da primeira vez não precisaram de atendimento hospitalar, a segunda contaminação está levando muitos desses contaminados para o hospital, ocupando vagas, então a situação ganha contornos mais dramáticos aqui no estado em comparação com qualquer outro momento no passado recente dessa pandemia”, alertou Rui Costa.