Os candidatos ao governo do Estado, ACM Neto (União) e Jerônimo Rodrigues (PT), irão disputar um segundo turno nas eleições deste ano, de acordo com apuração parcial das urnas eletrônicas divulgada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Até o momento, o ex-prefeito de Salvador aparece com 40,89%, enquanto o candidato petista pontua 49,32%. 99,09% das urnas foram apuradas.

É a primeira vez que a disputa pelo governo da Bahia vai ao segundo turno desde 1994, quando Paulo Souto (PFL), que fazia parte da base Carlista, foi eleito para o cargo de chefe do executivo do Estado. De 2006 até este ano, o PT manteve uma hegemonia, vencendo todas as disputas estaduais no primeiro turno.

ACM Neto liderava a maioria das pesquisas, com algumas, inclusive, indicando uma vitória ainda em primeiro turno. Contudo, os levantamentos também apontavam uma curva ascendente de Jerônimo Rodrigues, algo que ocorreu nas últimas candidaturas petistas na Bahia.

A votação do segundo turno ocorrerá no dia 30 de outubro.

Jerônimo Rodrigues Souza, 57 anos, é ex-secretário de Educação e professor licenciado da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS). Rodrigues também já ocupou o cargo de secretário nacional do Desenvolvimento Social e assessor especial da Secretaria de Planejamento e secretário de Desenvolvimento Rural. Formado em engenharia agronômica, nasceu em Aiquara (BA) e esta vai ser sua primeira disputa em uma eleição. Geraldo Júnior (MDB), 53 anos, será o vice.

Nascido em Salvador, ACM Neto, 43 anos, foi prefeito de Salvador por oito anos, entre 2013 e 2020. Também já ocupou o cargo de deputado federal. Ele é advogado, e neto do ex-governador da Bahia e senador Antônio Carlos Magalhães (1927-2007). A vice na chapa será a empreendedora Ana Coelho (Republicanos), 40 anos.

VOTAÇÃO NA BAHIA – Presidente, Governador, Senador, Deputado Estadual e Federal (Acompanhe aqui)

Fonte: Acorda Cidade