Um crime, por motivo fútil, assustou os moradores da cidade de Ilhéus, no interior da Bahia, no último sábado (19). Arivan Magalhães de Almeida, de 34 anos, foi morto a golpes de faca na Rua São Gabriel, no bairro Nelson Costa, após discutir com o vizinho por causa de som alto.

O suspeito do crime é Jailson José de Jesus, de 64 anos, que se apresentou à polícia, nesta segunda-feira (21), depois de fugir do local do crime. Em depoimento, ele afirmou que agiu em legítima defesa e foi liberado em seguida para responder ao crime em liberdade.

Segundo informações divulgadas pelo site Fabio Roberto Notícias, o servidor público federal aposentado alegou que foi agredido pela vítima, após chamar atenção sobre o volume do som. Conforme o suspeito, depois de ter recebido um soco no rosto, Arivan também agrediu sua esposa, foi quando ele utilizou uma faca, tipo peixeira, para golpear o vizinho.

O crime
De acordo com informações do Ilhéus 24 horas, Jailson estava incomodado com o som que vinha da casa de Arivan e resolveu reclamar. Durante um bate-boca entre os dois, a vítima teria desferido um soco no suspeito que, em seguida, pegou uma faca e golpeou o vizinho. Arivan deixa esposa e duas filhas menores de idade.

Fonte: Bnews