Aulas de esportes, informática, música, idiomas, além de lições para uma vida mais leve e saudável foram ministradas para mais de sete mil pessoas atendidas pela Base Comunitária de Segurança (BCS) de Fazenda Coutos, que completa oito anos de implantação nesta quinta-feira (16).

Além de atividades itinerantes, a BCS também oferece aulas do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), Qualifica Jovem (que busca habilitar profissionalmente), Multiplicando Saberes, Inglês, Karatê e Campeão Cidadão – Boxe (ambos ensinam esportes de luta), Centro Cidadania Digital (com aula de informática), Primeiro Som (que dá lições de músicas) e Vida Leve (destinado a estimular a prática de exercícios físicos ao público da terceira idade).

(Foto: Divulgação/SSP)

Responsável pela unidade de policiamento comunitário há dois anos, a capitã PM Lilian Carvalho lembra que projetos educacionais, esportivos e profissionalizantes estão entre os mais procurados pelos moradores. “Cursos que oferecem qualificação profissional podem dar retorno financeiro para a vida do morador”, acrescentou.

A comandante também exaltou a patrulha comunitária, atividade desenvolvida no cotidiano da base, que conhece as fragilidades da comunidade e aponta os pontos indicados para intervenção. “A gente conversa, percebe as necessidades e faz os encaminhamentos necessários para órgãos parceiros”, conta a oficial enfatizando a importância do apoio dos colaboradores (órgãos estaduais e municipais, empresas, lideranças comunitárias e os próprios moradores).

O entrosamento e esforço dos policiais que compõem a equipe da BCS também é motivo de orgulho para a capitã. “Eles dão um retorno positivo e trazem sugestões de atividades que beneficiam a comunidade”, completa. 
O subsecretário da Segurança Pública, Ary Pereira de Oliveira, parabeniza os policiais que atuam na unidade e fazem esse importante trabalho de prevenção à criminalidade. “As ações das bases mudam a vida dos jovens, impedindo de entrarem no mundo do crime e nos enchendo de orgulho”. 

COMPARTILHE