Empregados, aposentados e pensionistas da Caixa Econômica Federal farão um protesto nesta quarta-feira (24), às 09 horas, em frente à agência da Caixa das Mercês, em Salvador, para denunciar a dívida trabalhista que o banco tem com o Fundo de Pensão, mas que é cobrada dos próprios empregados. A mobilização está sendo convocada pelo Coletivo EQUALY, juntamente com o Sindicato dos Bancários da Bahia.

Além de exigir da Caixa o pagamento do Contencioso Trabalhista ao Fundo de Pensão dos seus empregados, os beneficiários da Fundação dos Economiários Federais (FUNCEF) reivindicam o fim do pagamento do equacionamento, cujo valor vem sendo cobrado mensalmente e gerado redução nos proventos dos aposentados.

Coletivo Equaly

Grupo formado por empregados, aposentados e pensionistas da Caixa Econômica Federal que se uniram para exigir respeito aos aposentados e a garantia do direito a um envelhecimento com dignidade e qualidade de vida.

Diante de um futuro incerto, os membros do Grupo Equaly estão mobilizados em defesa do resgate da responsabilidade de um dos maiores bancos públicos do mundo frente aos milhares de trabalhadores que o ergueram e cobram ação do Governo, através do Grupo de Trabalho da Previdência Complementar.