O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi condenado a indenizar a jornalista Patrícia Campos Mello, do jornal Folha de São Paulo, por causa de uma piada considerada machista em fevereiro de 2020.

A decisão é da juiza da 19ª Vara do Foro Central Cível de São Paulo, Inah de Lemos e Silva Machado.

Foto: Ag. Br./ Divulgação

Durante entrevista coletiva em frente ao Palácio do Plantalto, Bolsonaro foi questionado sobre a CPMI das Fake News e disparou, com risos, a piada machista e sexista: “queria dar o furo contra mim”.

Por causa da brincadeira, ele deverá pagar R$ 20 mil à jornalista. Entretanto, o presidente ainda pode recorrer da decisão.