A Prefeitura de Anápolis realizará um leilão, no dia 27 de maio, de 39 veículos que fazem parte de patrimônio. O certame começa às 10h30 e acontece via internet (grupoleilo.com.br). Leva o bem, que faz parte do patrimônio do poder público municipal, aquele que der o maior lance.

Parte dos veículos será vendida como sucata, mas há uma quantidade classificada como recuperável. É o caso de um Renault Sandero, ano 2013, com lance inicial de R$ 12 mil. Já uma Ford Ranger 2011 aparece com valor mínimo de R$ 20 mil.


Algumas máquinas pesadas também fazem parte do leilão, como um trator de esteira com lance de R$ 50 mil. Uma motoniveladora da marca Dresser aparece da lista de bens com preço inicial de R$ 30 mil.

Para os bens considerados sucatas, podem participar somente empresas cujo objeto social seja a desmontagem, a reciclagem e o comércio de peças e acessórios usados de veículos automotores e que estejam devidamente cadastradas no Detran de origem, obedecendo ao que diz a lei estadual nº 19.262/2016.

Aquele que adquirir um veículo classificado como recuperável é obrigado a transferir a titularidade para o seu nome, junto ao Detran, inclusive daqueles que foram objeto de doação à administração municipal e que possuem Comunicado de Venda em aberto, no prazo de até 30 (trinta) dias, contados a partir da data da arrematação.

TAXAS

Cabe também ao novo dono o pagamento de taxas, débitos de infrações e taxas de serviços que porventura encontram-se em aberto junto aos órgãos de trânsito, incluindo todos os débitos anteriores a data da arrematação, mesmo aqueles não informados e que porventura vierem incidir sobre o veículo.

No de veículos recuperáveis com motor inservível, fica o arrematante responsável em adquirir um novo motor e providenciar o seu cadastramento junto ao órgão de trânsito, responsabilizando-se por todas as despesas decorrentes desse procedimento. 

Fonte: DM Anápolis

Siga-nos no Instagram e acompanhe as notícias no Google News – Participe do nosso grupo no WhatsApp