Menino prodígio: o adolescente Caio Temponi, de 13 anos, passou no vestibular de medicina da Universidade de Fortaleza (Unifor), e vai conseguir avançar quatro séries para concluir o ensino médio ainda este ano, aos 14 anos. Caio é natural de Três Rios, no Rio de Janeiro, mas mora com a família no Ceará.

Caio já havia avançado três séries anteriormente. Porém, a mãe do jovem, Laurismara Temponi, solicitou à escola para que mais uma série fosse “pulada”, após Caio ser aprovado também em Engenharia Civil, na Universidade Federal do Cariri (UFCA), e Direito, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), em primeiro lugar.

Segundo a mãe, o objetivo do avanço de série é permitir que o adolescente faça o curso que escolher após realizar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano, sem precisar recorrer à justiça para a finalização do ensino médio.

De acordo com a escola em que o menino estuda, a Organização Educacional Farias Brito, “o processo de aprendizagem deve ser personalizado. Assim, quando o aluno apresenta características de altas habilidades, seu acompanhamento passa a ser construído entre escola, família e aluno, que juntos traçam estratégias que promovem o crescimento cognitivo, emocional e social do aluno”.

O adolescente também passou em primeiro lugar no vestibular para Administração na Universidade Estadual do Ceará (UECE) e, 2021, ficou em primeiro lugar no exame da Escola Preparatória de Cadetes do Ar (Epcar), em Barbacena (MG), acertando todas as questões. Agora, ele se prepara para o concurso do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA).