As inscrições para o concurso Banco do Brasil já terminaram, e agora os candidatos devem ficar atentos às regras e etapas definidas no edital. Uma dessas questões é justamente a lotação dos aprovados.

Em entrevista exclusiva à Folha Dirigida, em julho deste ano, o diretor de Gestão da Cultura e de Pessoas do BB, Thiago Affonso Borsari, falou sobre como funcionará o processo de escolha da unidade para trabalhar.

Segundo ele, o candidato aprovado não poderá escolher a unidade em si. Esta será definida apenas pelo Banco do Brasil.

“No momento da convocação, serão obedecidas as ordens de classificação, de acordo com as regras do edital. A unidade para a posse será definida pelo Banco, não sendo possível a escolha pelo candidato”, explica Thiago Borsari.

No entanto, o BB obedecerá a classificação obtida pelo candidato na microrregião/macrorregião/UF, desta forma, a unidade de lotação estará vinculada à microrregião.

Apesar disso, os candidatos devem ficar atentos às regras do edital, principalmente em relação aos itens 12.11 e 12.12. Neles, o BB informa que poderá: 

  • indeferir eventuais pedidos de transferência, obrigando o candidato admitido a permanecer em sua lotação inicial pelo período mínimo de 18 meses, contados a partir de sua posse; e
  • alterar esse prazo a qualquer tempo.

O BB também possui o direito de transferir os seus empregados para qualquer localidade onde possua unidade, na forma descrita nas normas internas e legais que regulamentam as movimentações entre dependências. 

RJ e SP representam 24% dos inscritos no concurso

O concurso Banco do Brasil conta com mais de 1,5 milhão de inscritos, sendo 405.101 somente nos Estados do Rio de Janeiro e São Paulo. O quantitativo representa cerca de 24% do total de candidatos. 

Folha Dirigida teve acesso, com exclusividade, aos números das microrregiões desses dois estados. Confira aqui a concorrência nas vagas para a ampla concorrência (efetivas e cadastro reserva).

No último dia 12, o Banco do Brasil divulgou o número de inscritos por região. Neste caso, Sudeste e Nordeste se destacam, com 595.690 e 438.699, respectivamente. Veja abaixo:

RegiãoAmpla ConcorrênciaPessoa Preta ou Parda (PPP)Pessoa com Deficiência (PcD)Total
Centro-Oeste188.48837.0502.727228.265
Nordeste345.29589.4733.931438.699
Norte149.07630.3081.761181.145
Sudeste487.049102.2636.378595.690
Sul181.33518.4462.395202.176

Ao todo, foram registradas 1.645.975 inscrições, sendo 1.605.751 inscritos para as vagas de escriturário – agente comercial (tradicional) e 40.224 inscritos para as oportunidades de escriturário – agente de tecnologia (TI).

Segundo o Banco do Brasil, o quantitativo surpreendeu, tornando o concurso o maior da história do país, segundo a Fundação Cesgranrio, organizadora.

“Os números de candidatos superaram as nossas expectativas. A procura por uma vaga no Banco do Brasil nos deixa orgulhosos por termos cumprido o objetivo de atrair novos talentos, em nível nacional. Acreditamos que os candidatos foram atraídos pelas oportunidades de ascensão e encarreiramento que o BB oferece, além do conjunto de benefícios”, disse o vice-presidente corporativo do BB, Ênio Mathias.

Ao todo, o concurso conta com 4.480 vagas para a carreira de escriturário, de nível médio. Neste ano, no entanto, as oportunidades foram distribuídas por dois perfis profissionais:

  • agente comercial (escriturário tradicional) – 4 mil vagas, sendo 2 mil imediatas e 2 mil para cadastro reserva; e
  • agente de tecnologia (escriturário voltado para a área de TI) – 480 vagas, sendo 240 imediatas e 240 para cadastro reserva.

Saiba tudo sobre a seleção do BB

  • Órgão: Banco do Brasil
  • Cargos: escriturário
  • Vagas: 4.480 vagas
  • Requisito: nível médio
  • Remuneração: R$4.508,40
  • Banca: Fundação Cesgranrio
  • Inscrições: de 24 de junho a 7 de agosto
  • Provas: 26 de setembro

Concurso Banco do Brasil terá provas em setembro

Os candidatos do concurso Banco do Brasil serão avaliados por meio de provas objetivas e uma redação. Os exames estão previstos para o dia 26 de setembro, com cinco horas de duração.

A prova objetiva contará com 70 questões, sendo 25 de Conhecimentos Básicos e 45 de Conhecimentos Específicos. 

Agente comercial (escriturário tradicional)

Conhecimentos Básicos – 25 questões

  • Língua Portuguesa (dez questões com valor de 1,5 ponto cada); 
  • Língua Inglesa (cinco questões com valor de um ponto cada); 
  • Matemática (cinco questões com valor de 1,5 ponto cada); e
  • Atualidades do Mercado Financeiro (cinco questões com valor de um ponto cada).

 Conhecimentos Específicos – 45 questões

  • Matemática Financeira (cinco questões com valor de 1,5 ponto cada);
  • Conhecimentos Bancários (dez questões com valor de 1,5 ponto cada); 
  • Conhecimentos de Informática (15 questões com valor de 1,5 ponto cada); e
  • Vendas e Negociação (15 questões com valor de 1,5 ponto cada).

Agente de tecnologia (escriturário com foco em TI)

Conhecimentos Básicos – 25 questões

  • Língua Portuguesa (dez questões com valor de 1,5 ponto cada); 
  • Língua Inglesa (cinco questões com valor de um ponto cada); 
  • Matemática (cinco questões com valor de 1,5 ponto cada); e
  • Atualidades do Mercado Financeiro (cinco questões com valor de um ponto cada).

 Conhecimentos Específicos – 45 questões

  • Probabilidade e Estatística (cinco questões com valor de 1,5 ponto cada);
  • Conhecimentos Bancários (cinco questões com valor de 1,5 ponto cada); e
  • Tecnologia da Informação (35 questões com valor de 1,5 ponto cada).

Após a primeira etapa, os candidatos serão classificados por microrregião/macrorregião/UF e de acordo com o total de pontos obtidos.

Serão eliminados aqueles que obtiverem aproveitamento inferior a 50% no conjunto das provas objetivas, em Conhecimentos Básicos ou na parte Específica.

Além disso, será eliminado o candidato com nota zero em qualquer uma das disciplinas. Somente será corrigida a redação dos aprovados, na objetiva, em uma posição que não ultrapasse o dobro do somatório do total de número de vagas e do número de cadastro de reserva.

redação, no modelo de um texto dissertativo-argumentativo, terá caráter eliminatório. A avaliação terá uma pontuação igual a 100, sendo necessário obter 70 pontos ou mais para ser aprovado.

Após a homologação do concurso, a seleção ficará válida por um ano, prorrogável por igual período. Os selecionados serão contratados, durante esse prazo.

Fonte: Folha Dirigida