A atual rodada de pagamentos do Auxílio Brasil vai até o fim da próxima semana, contemplando cerca de 18,02 milhões de famílias. Segundo dados do Ministério da Cidadania, milhares de pessoas tiveram o benefício bloqueado e não poderão ter acesso aos valores a partir de março.

A suspensão dos repasses é um mecanismo comum do programa. Ele é adotado quando há inconsistências nas informações repassadas ao governo, normalmente encontradas durante o cruzamento dos dados do Cadastro Único (CadÚnico) com os de outras bases.

Mais de 673 mil pessoas tiveram o benefício revogado ou suspenso entre fevereiro e março. Por outro lado, 679 mil beneficiários foram adicionados à folha de pagamento do Auxílio Brasil neste mês, resultado em saldo positivo de 4.354 atendidos na comparação com o mês passado.

Importância do CadÚnico
O bloqueio acontece tanto quando o usuário apresenta informações falsas, quanto quando ele deixa de atualizar seus dados. Pela regra, o CadÚnico deve ser atualizado a cada 24 meses ou sempre que houver uma mudança importante na estrutura ou renda da família.

Confira alguns motivos que exigem o acréscimo de informações no sistema:

  • Falecimento de um membro;
  • Nascimento de um membro;
  • Emprego novo;
  • Perda de emprego;
  • Mudança de endereço;
  • Entrada ou saída de um membro da casa;
  • Mudança de escola.

Esses são apenas alguns exemplos de situações, já que elas são muitas. Para não correr o risco de ficar sem seu benefício, não deixe de informar o governo de qualquer alteração relevante por meio do Cadúnico.

Fonte: Editlal Concursos Brasil