Trabalhadores com direito ao saque extraordinário do FGTS poderão retirar valores de até R$ 4 mil em maio. As quantias correspondem ao saque duplo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), que ultrapassa os R$ 1 mil previstos quando somado a uma outra modalidade de resgate.

O que acontece é que muitos trabalhadores, além do saque extraordinário, também aderiram ao saque-aniversário do FGTS. Por ele, é liberado para resgate uma parte do saldo acumulado no fundo, que pode vir acrescida (ou não) de parcela adicional. Em alguns casos, o valor extra chega a R$ 2,9 mil.

Saque extraordinário de até R$ 1 mil do FGTS

Os trabalhadores com valores disponíveis em contas ativas (emprego atual) e inativas (empregos antigos) do FGTS têm direito ao saque extraordinário, também conhecido como saque emergencial.

O valor máximo de saque por CPF é de até R$ 1 mil, mesmo que o trabalhador beneficiário possua saldo maior em contas vinculadas. A regra também se aplica para quem possui saldo menor, em que o montante a ser sacado corresponde à quantia que estiver disponível.

Veja as datas do calendário saque extraordinário do FGTS 2022:

Mês de nascimentoData de depósito no Caixa Tem
Janeiro20 de abril
Fevereiro30 de abril
Março04 de maio
Abril11 de maio
Maio14 de maio
Junho18 de maio
Julho21 de maio
Agosto25 de maio
Setembro28 de maio
Outubro1º de junho
Novembro08 de junho
Dezembro15 de junho

Saque-aniversário do FGTS

Essa modalidade de resgate do FGTS dá direito a um pagamento por ano aos trabalhadores que aderirem à ela. As liberações acontecem no mês de nascimento do cidadão, por isso o nome saque-aniversário.

Ao optar pelo saque aniversário, o trabalhador deixa de fazer parte do saque-rescisão, que garante o resgate integral do FGTS em caso de demissão sem justa causa. A migração é gratuita e pode ser feita no site da Caixa ou aplicativo FGTS.

A partir daí, ele passa a receber anualmente uma parte do saldo acumulado no fundo. Os valores designados utilizam como referência a seguinte tabela abaixo:

Portanto, para sacar não só os R$ 1 mil, o trabalhador precisa ter mais de R$ 20 mil na conta para também retirar o adicional de R$ 2,9 mil, totalizando mais de R$ 3,9 mil de FGTS.

Isso porque, quando somado o saque extraordinário e o saque-aniversário, o trabalhador tem acesso não só ao adicional, mas também à alíquota de 5% dos recursos.

Vale destacar que aqueles que realizaram contratações de empréstimos utilizando o saque-aniversário como garantia, não terão direito ao saque extraordinário do FGTS.

Fonte: Edital Concursos Brasil