O Ministério da Cidadania antecipou os pagamentos de agosto do Auxílio Brasil para cerca de 20,2 milhões de famílias. Com a proximidade do mês de setembro, os beneficiários buscam informações sobre um possível novo adiantamento do calendário.

Realizar a liberação do benefício mais cedo foi uma estratégia do governo para começar a pagar a quantia de R$ 600 mensais o quanto antes. O aumento no valor do benefício foi possível com a aprovação de uma emenda constitucional, que destinou verbas para ampliação do programa.

O cronograma original do benefício abrange os dez últimos dias úteis de cada mês, exceto em dezembro. Entretanto, neste mês, a Caixa Econômica Federal realizou os repasses entre os dias 9 e 22.

Antecipação em setembro

Em entrevista recente, o ministro da Cidadania, Ronaldo Vieira Bento, afirmou que o governo planeja adiantar as próximas parcelas do Auxílio Brasil. Segundo ele, a mudança é resultado da modernização de processos.

“Esse processo de aprimoramento, assim como a geração da folha de pagamento do mês de uma maneira mais rápida, proporcionou que nós conseguíssemos fazer um pagamento na primeira quinzena do mês”, disse.

Bento confirmou que o plano é pagar o benefício mais cedo até o fim do ano. “E é esse o nosso propósito, que a gente continue fazendo esse pagamento dos beneficiários do Auxílio Brasil e do Auxílio Gás na primeira quinzena dos meses subsequentes ao mês de agosto”, completou.

Um novo calendário terá que ser publicado pelo governo federal no Diário Oficial da União para oficializar a antecipação dos pagamentos. A medida deve ocorrer nos próximos dias.

Fonte: Edital Concursos Brasil