O Ministério da Cidadania informou que novos beneficiários do Auxílio Brasil foram convocadas para o chamado processo de focalização. O procedimento consiste na verificação periódica das informações prestadas pelas famílias e pode levar ao cancelamento dos pagamentos.

Pra evitar a surpresa de ter o benefício suspenso em outubro, o aprovado deve manter seus dados atualizados no Cadastro Único (CadÚnico), sem nenhum inconsistência. Confira mais informações a seguir.

Quem está em risco?

De acordo com a instrução normativa publicada no Diário Oficial da União, três grupos foram incluídos no procedimento (4, 5 e 6). Eles foram definidos de acordo com a gravidade das inconsistências encontradas nos cadastros.

No primeiro semestre, os grupos 1, 2 e 3 foram notificados e convocados a atualizar as informações do CadÚnico. Agora é a vez dos demais realizarem a atualização.

As famílias que estão no grupo 4 se encontram na situação mais grave, pois haviam sido convocadas anteriormente e não resolveram a inconsistência cadastral. Por esse motivo, elas são consideradas reincidentes.

No caso do público 5, o cidadão terá que atualizar o cadastro ainda em setembro ou poderá ter o benefício cortado em outubro. Já o público 6 é composto por famílias não beneficiárias do Auxílio Brasil que possuem dados inconsistentes no Cadastro Único e precisam resolver as pendências para que possam ser selecionadas para o programa.

Minha família está na lista?

A consulta para descobrir se sua famílias está na lista convocadas para a focalização pode ser feita no site aplicativo do CadÚnico (disponível para Android e iOS). Outra opção é ligar para o telefone da Secretaria de Assistência Social do município onde vive.

Fonte: Edital Concursos Brasil