Atenção, estudante! O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2022 está chegando e um dos procedimentos mais importantes a ser realizado com antecedência é o acesso ao Cartão de Confirmação de Inscrição na Página do Participante, que contém, entre outras informações, número de inscrição, data, hora, local de prova e registro de determinado atendimento especializado ou tratamento pelo nome social, caso o candidato tenha feito a solicitação.

Quer saber como obter o documento? Se liga no passo a passo que o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão vinculado ao Ministério da Educação, preparou para que todos os participantes possam acessar e imprimir o cartão. Apesar de não ser obrigatório, é recomendado levá-lo nos dias de exame, 13 e 20 de novembro, para evitar contratempos.

Passo a Passo

Para acessar a Página do Participante, é preciso utilizar o login único da plataforma Gov.br. Caso o inscrito não se lembre da senha da conta cadastrada, é possível recuperá-la. Para isso, basta acessar a página acesso.gov.br, digitar o CPF e clicar em “Avançar”. Em seguida, selecione a opção “Esqueci minha senha”. Feito isso, existem formas de recuperar a conta, selecione uma das alternativas para gerar uma nova senha.

 Com a senha na mão, o primeiro passo é acessar a Página do Participante e selecionar o botão “Página do Participante – Entrar com gov.br”. Em seguida, inserir o número do CPF e clicar em “Entrar”. Já na Página do Participante, à esquerda da tela, clique em “Local de Prova”, seguido pelo ícone azul com o mesmo nome. O sistema abrirá o Cartão de Confirmação de Inscrição. Para imprimir, basta rolar a tela até o final da página e clicar no botão “Imprimir”.

Enem – O Exame Nacional do Ensino Médio avalia o desempenho escolar dos estudantes ao concluírem a educação básica. Foi instituído em 1998 e, desde 2009, é utilizado como mecanismo de acesso à educação superior, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e de iniciativas como o Programa Universidade para Todos (Prouni).

Instituições de ensino públicas e privadas utilizam o Enem para selecionar estudantes. Os resultados são utilizados como critério único ou complementar dos processos seletivos, além de servirem como parâmetros para acesso a auxílios governamentais, como o proporcionado pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Os resultados individuais também podem ser utilizados nos processos seletivos de instituições portuguesas. Os acordos garantem acesso facilitado às notas dos estudantes brasileiros interessados em cursar a educação superior em Portugal.

Fonte: Bnews