Nájila Trindade, modelo que acusa o jogador Neymar de estupro, voltou a fazer declarações sobre o caso. Por meio do seu advogado, ela encaminhou um e-mail ao portal ESPN, afirmando que Neymar é um “moleque” que não pode ser julgado como qualquer pessoa normal:

“Neymar não foi nem homem pra assumir que me bateu. Primeiro disse que não bateu, depois disse que bateu a meu pedido. E aí, menino Ney? Bateu ou não bateu? O que o papai te orientou a falar? Faça uma acareação comigo e negue olhando em meus olhos. Eu assumo a responsabilidade de ter dado tapas em você e explico o porquê de ter tido tal reação.

Sua molecagem está atrapalhando os lucros dele. Você não pode ser punido como qualquer pessoa normal, porque te educar pra virar homem faz mal aos negócios”, afirmou a modelo, por meio do advogado Cosme Araújo.

Nájila atualmente está com familiares e o filho no interior da Bahia. Ela afirmou que acredita na polícia judiciária e no Ministério Público: “Najila acrescenta que acredita na polícia judiciária e no Ministério Público – até porque é público. E mais ainda no Judiciário, que apesar do desgaste, ainda tem homens de respeito e credibilidade”.

(Fotos: reprodução/Record TV | reprodução/Instagram)

Por Varela Notícia

COMPARTILHE