Seis das oito pessoas presas durante operação da Polícia Federal, realizada ontem (4), que cumpriu mandados de prisão contra membros de uma organização especializada em fraudes contra instituições bancárias, em Feira de Santana, foram levadas para o conjunto penal do município nesta quinta-feira (5). Os nomes dos presos não foram revelados.

Eles passaram por audiência de custódia e as prisões preventivas foram decretadas. Além da transferência para o presídio de Feira, uma pessoa foi levada para Fortaleza, outra pessoa teve a prisão revogada e está internada no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA).

As oito pessoas presas poderão responder por estelionato, crime de corrupção ativa e passiva, crime financeiro, lavagem de dinheiro, entre outros crimes.

A Polícia Federal informou que o esquema causou um prejuízo de mais de R$ 10 milhões a instituições financeiras. Entre os presos estão servidores de agências bancárias.

As próprias intuições financeiras, lesadas pelas fraudes, ajudaram na investigação encaminhando os documentos solicitados. Com isso foram descobertos outros golpes que estão em investigação.

Além dos mandados de prisão preventiva, também havia mandados de busca e apreensão com os quais foram apreendidos cerca de dez carros.

Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade

Fonte: Acorda Cidade