Um homem suspeito de roubos a instituições financeiras morreu em confronto com a Polícia Militar nesta quarta-feira (8), no município de Lapão, Chapada Diamantina.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), a ação teve inicio após denúncia sobre a presença de criminosos em uma fazenda localizada no povoado de Mosquito, zona rural daquele município.

Ao chegar no local, segundo a SSP, um grupo de homens que estava no imóvel tentou fugir atirando contra os PMs. Na troca de tiros, um deles acabou sendo atingido, foi socorrido para o hospital de Lapão, mas não resistiu. Já os compassas conseguiram fugir.

Ainda segundo a SSP, na ação foram apreendidos uma pistola, um carregador para o armamento, porções de maconha e um veículo.

Material apreendido. Foto: divulgação SSP

A operação envolveu guarnições da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Semiárido e das Rondas Especiais (Rondesp) Chapada.

Segundo o comandante da Cipe Semiárido, major Carlos Maltez, as diligências para capturar os outros demais integrantes foram iniciadas. “Os outros comparsas conseguiram fugir, mas as guarnições continuam na região, inclusive na caatinga, fazendo buscas para localizá-los”, declarou o oficial.

O diretor do Draco, delegado Marcelo Sansão, revelou que o homem morto era um dos principais alvos investigados pela prática de roubos a instituições financeiras. “Muito perigoso e tinha envolvimento em vários crimes. Dentre as investigações contra a ele está a participação em um ataque a uma agência bancária, em Mulungu do Morro, que ocorreu em dezembro do ano passado. Nossas equipes da sede de Vitória da Conquista já estavam na cidade para fazerem mais levantamentos sobre situações que envolvem o criminoso”, finalizou.