O ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB) foi indiciado pela Polícia Federal por quatro tentativas de homicídio, contra os agentes baleados durante cumprimento de mandado de prisão no início da tarde de ontem (23).

Portado de um arsenal, a licença do ex-parlamentar estava suspensa, de acordo com o sistema do Exército Brasileiro. Com isso, ele não poderia ter ou transportar armas fora de Brasília.

De acordo com o portal G1, o Exército abriu processo administrativo para apurar o caso e a Polícia Federal instaurou inquérito na esfera criminal.

Jefferson está no presídio de Benfica, na Zona Norte do Rio, e vai passar por audiência de custódia na tarde desta segunda-feira (24) na Justiça Federal.

Fonte: Bahia Notícias