Foto obtida via WhatsApp

Em plena pandemia, a fábrica de Calçados Paquetá em Ipirá, demitiu vários funcionários, que foram pegos de surpresa com a atitude da direção da empresa. A ação causou revolta nos funcionários que foram para a porta da empresa reivindicar seus direitos trabalhistas.

Em nota uma das funcionárias disse o seguinte:

“Sou uma das funcionárias demitidas agora recentemente da empresa PÁQUETA CALÇADOS, e venho em nome de todos os meus colegas pedir que compartilhem essa mensagens e vídeo do nosso protesto pacífico, realizado na manhã desta sexta-feira (15) juntamente com o Sindicato, em frente a fábrica. O ato foi unicamente em prol dos NOSSOS DIREITOS que infelizmente a empresa vem nos negando e agora chegou num ponto que não aguentamos mais. Nem o FGTS que é nosso por direito não estamos conseguindo sacar. O nosso proposito hoje foi para chamar a atenção dos Poderes Públicos da nossa cidade para que nos apoiem nessa luta.
Peço a Câmara de Vereadores, ao prefeito municipal e a nossa imprensa local que não fechem os olhos para o que está acontecendo. O FGTS com 40% é direito nosso e a PAQUETÁ não pode tirar de nós.” disse ela.

Este é o segundo ato público realizado em uma semana pelos funcionários demitidos pela empresa, realizado de forma pacífica. Após o ato de hoje, os manifestantes seguiram em caminhada até o Centro Administrativo, para solicitar apoio do prefeito municipal e vereadores.

(relato de uma ex funcionária da Paquetá)Olá pessoal ,sou uma das funcionarias demitidas agora recentimente da empresa PÁQUETA CALÇADOS ,venho em nome de todos os meus colegas pedi q vcs compartilhem essa msg e esses videos do nosso protesto pássifico ,feito hoje juntamente com o sindicato de frente a empresa ,onde fomos unicamente em prol de uma coisa :NOSSOS DIREITOS que infelismente a empresa vem nos passando a perna e agora chegou num ponto q pra nós foi a gota d'água .Nem o nosso FGTS q é nosso por direito nao estamos conseguindo sacar .Então o nosso proposito hoje é chamar a atenção do poder púplico da nossa cidade para que nos dê apoio nessa luta …Pesso a camera de VEREADORES , ao nosso PREFEITO a nossa IMPRENSA local que nao feixe os olhos para o que esta acontecendo o FGTS com 40% é direito nosso a PÁQUETA nao pode tirar de nós😟Por favor compartilhem!!Desde já obg!!

Gepostet von Mayara Gama am Freitag, 15. Mai 2020

Parte do grupo foi recebida pelo secretário de Administração Geral Sandro Cintra e pelos vereadores Divanilson Mascarenhas, Laelson Neves e Mundinho de Nova Brasília, que após ouvirem as reivindicações e prometeram intermediar o impasse junto a direção da Paquetá Calçados.

Caso a situação não seja resolvida, os funcionários demitido prometeram que irão acampar no interior na Fábrica e só deixarão o local após a situação ser resolvida.

Por Caboronga Notícias