Moradores da Boca do Rio, em Salvador, denunciam excessos cometidos por policiais militares durante ação realizada no bairro, na noite de quarta-feira (25). Um vídeo enviado por leitor ao BNews flagra o momento em que um policial do Pelotão de Emprego Tático Operacional da Polícia Militar (PETO) agride um jovem por trás, com um cassetete.

O rapaz, junto a uma mulher, conversa com um dos PMs, quando outro policial se desloca para trás dele, e desfere o golpe. “Bora, viad*! Tá esperando convite, desgr***!?”, diz. Outro vídeo mostra as costas da vítima marcadas pela pancada.

A abordagem teria acontecido durante uma comemoração do feriado natalino. “[Os policiais] foram agressivos com vários moradores da localidade, mesmo já tendo todas as exigências cumpridas”, relata um morador que não quis se identificar.

À reportagem, o comando 39ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), da Boca do Rio, aifrmou que os policiais militares que realizavam a abordagem já foram identificados e as circunstâncias do fato “estão sendo apuradas”.

“Porém, é importante que os envolvidos sejam ouvidos, por isso o comando da unidade solicita que o denunciante e testemunhas compareçam na Corregedoria da PM para registro da denúncia”, diz.

A nota diz ainda: “segundo informações do comando da 39ª CIPM, responsável pelo policiamento da área, guarnições da unidade foram acionadas por volta das 22h30 de quarta-feira (25), com diversas ligações de moradores da Boca do Rio e do Imbuí que reclamavam do volume do som durante festa de “paredão” realizada por moradores da localidade de Barreiro de Baixo, no dia do Natal, inclusive com a denúncia de venda de drogas.

Os policiais militares foram imediatamente até o local onde dialogaram com os participantes da festa e o som foi desligado. Em pouco tempo o volume voltou a ficar abusivo e as famílias da região fizeram novos acionamentos. Os policiais militares voltaram para a localidade, quando ocorreu o fato”.

Fonte: BNews