Uma notificação inusitada chamou atenção nas redes sociais na manhã desta terça-feira: uma mulher foi notificada para comparecer à Justiça para prestar explicações sobre os motivos pelos quais excluiu uma pessoa do grupo do WhatsApp.

O ofício foi enviado em 14 de outubro e a veracidade do documento foi confirmada pela assessoria de imprensa do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG).

O documento foi elaborado pelo Promotor de Justiça Luiz Paulo Bhering Nogueira na comarca de Barbacena, na Região Central do estado.

O Estado de Minas entrou em contato com o MPMG para obter mais detalhes do caso e aguarda resposta.

Fonte: EM