Muitas pessoas tentam consertar cabo de carregador colocando suas vidas em risco. Especialistas relatam que as pessoas devem comprar um novo em vez de tentar consertar. Porém, uma adolescente tentou consertar o cabo de um carregador e acabou morrendo eletrocutada.

Entenda como tudo aconteceu.

Uma adolescente de 17 anos, da cidade de Chaiyaphum, na Tailândia, morreu recentemente após ser eletrocutada por um cabo de um carregado estragado. De acordo com a imprensa local, a adolescente, que se chama Nong Ying, cometeu o erro comum de carregar seu telefone com o fio enrolado em fita adesiva ao pé da cama durante a noite. Suspeita-se que a causa da sua morte foi provocada por um choque elétrico enquanto ela dormia.

Mãe encontra filha morta em cima da cama

A mãe da vítima, identificada como Boonpeng Tuponchai, relatou que encontrou sua filha morta ainda deitada na cama quando voltou para casa na sexta-feira à noite. “Eu pensei que ela estava dormindo. Mas quando toquei seu corpo, senti um leve choque elétrico”, disse a mãe da garota.

Boonpeng disse que desligou rapidamente o carregador, mas já era tarde demais, sua filha já havia falecido. Após um exame mais aprofundado, foi revelado que Nong também sofreu queimaduras na mão esquerda que, acredita-se, foram causadas pelo choque elétrico.

No entanto, o oficial de investigação Khanti Peansoongnern disse que o incidente foi causado pelo cabo descascado que tocou na estrutura de sua cama de metal. A corrente elétrica fluiu através da borda do fio descascado e matou a adolescente durante seu sono.

Foto: divulgação Ibahia

Fonte: IBahia