Um macaco-aranha “do crime” foi morto durante confronto entre policiais e traficantes na última terça (14/6), no município de Texcaltitlán, no México. Segundo o jornal mexicano Informador, o animal estaria junto de seu dono, membro da família Michoacana, acusada de comandar o tráfico na região, e acabou sendo morto na troca de tiros com agentes estaduais e federais de segurança.

O macaquinho tinha cerca de um ano, conforme informações que circulam nas redes sociais, perdeu a vida quando estava no colo do dono, acusado de ser um perigoso traficante. O animal estava usando fralda e o que parece ser um colete à prova de balas sobre uma camisa com estampa militar.

A Procuradoria-Geral do Estado do México confirmou ao Informador que, como resultado da operação realizada em Texcaltitlán, o “primata perdeu a vida e aparentemente pertencia a um suposto criminoso, que também morreu no tiroteio”.

Fonte: Trendsbr