Em apreensão na casa do ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, agentes do FBI encontraram documentos com informações altamente secretas sobre a China e o Irã. De acordo com o Washington Post, entre os materiais, está o programa de mísseis dos iranianos.

Em relação à China, os materiais foram considerados “muito sigilosos” e não foram obtidas mais informações sobre os documentos a respeito do país asiático.

Se o conteúdo dos documentos se tornasse público, os métodos que os EUA usam para espionar outros países seriam reveladas, segundo o jornal. As informações são de pessoas que conhecem o caso e não podem ter suas identidades reveladas.

Na noite do dia 8 de agosto, um grupo de agentes do FBI fez uma operação na casa de Donald Trump na Flórida. A residência é conhecida como Mar-a-Lago.

Trump estava em Nova Jersey naquele momento. Não foi uma invasão à força, já que antes de chegar o FBI avisou o Serviço Secreto, que protege o ex-presidente.

Fonte: Bahia Notícias