A garota de 9 anos que foi vítima de estupro na cidade de Antônio Cardoso relatou aos pais que o criminoso a enforcou para que ela não conseguisse pedir socorro durante o ato.

O estupro ocorreu na madrugada da última segunda-feira (29), após a mãe da criança sair para o trabalho.
Segundo informações publicadas no G1 Bahia, a menina estava dormindo quando foi surpreendida pelo homem, que ainda não foi identificado. A vítima disse não se recordar do rosto dele.

“Ela se assustou e, quando viu, o indivíduo já estava em cima dela, arrancando a roupa dela. Ela gritou, mas depois do primeiro grito ele tapou a boca dela, a respiração e a enforcou”, disse a mãe ao G1.

O suspeito fugiu após estuprar a criança, que correu para a casa de uma vizinha e pediu ajuda. O pai da vítima foi chamado e relatou que quando chegou à casa da mãe da menina, viu a filha sangrando e chorando.

A vítima foi socorrida para o Hospital Estadual da Criança (HEC), onde passou por duas cirurgias. O estado de saúde dela não foi divulgado pelos médicos da unidade, mas até ontem (3), a garota seguia internada e com acompanhamento de psicólogos e assistentes sociais.

Fonte: Acorda Cidade