Investigadores da Delegacia para o Adolescente Infrator (DAI), de Feira de Santana, cumpriram na manhã de ontem (19), o mandado de prisão preventiva em desfavor de um homem de 28 anos, acusado de estuprar em companhia de um comparsa, uma criança de 11 anos, no ano de 2014, no distrito de Maria Quitéria.

Além da violência sexual, o homem e o comparsa filmaram o estupro com um celular e divulgaram o vídeo. O fato gerou revolta da população e o acusado foi condenado a uma pena de mais de 14 anos de prisão.

Ele irá cumpri-la no Conjunto Penal de Feira de Santana e a Polícia Civil está a procura do outro homem envolvido no caso.

Fonte: Acorda Cidade