A Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) recomendou, nesta quinta-feira (12), a suspensão da Micareta de Feira de Santana, como medida para evitar a propagação do novo coronavírus.

A manifestação foi feita em resposta ao Ministério Público da Bahia (MP-BA), que, na última segunda-feira (9), solicitou um parecer técnico à Sesab sobre a possibilidade de propagação do vírus durante a micareta feirense. A solicitação, assinada pelo promotor Audo da Silva Rodrigues, também foi direcionada à prefeitura de Feira de Santana.

Foto: Jade Coelho / Bahia Notícias

A Sesab justifica que “o novo coronavírus possui capacidade de se decuplicar (multiplicar o total de casos por 10x) a cada 7,2 dias – em média” e a micareta de Feira de Santana coincide com a curva ascendente exponencial de casos prevista para acontecer no país.

Na terça (10), o representante da Polícia Militar na reunião da Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) também se manifestou pelo adiamento da festa..

A tradicional micareta está marcada para acontecer entre os dias 23 e 26 de abril.

Por Bahia Notícias