Policiais do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) cumprem, na manhã desta sexta-feira (23), oito novos mandatos de busca e apreensão e prisão no lançamento da segunda fase da Operação Petúnia, na cidade de Ibotirama. O objetivo é dar continuidade às investigações sobre o assassinato do bolsonarista Marcello Leite Fernandes, 39 anos, em julho deste ano.

De acordo com informações da polícia, os mandados estão sendo cumpridos no centro da cidade e em uma aldeia indígena da região. Diversas linhas de investigação estão sendo trabalhadas, mas a principal é crime motivado por motivo político.

Na primeira fase, um vereador, presidente da Câmara de Vereadores do município, e um policial militar apontado como seu comparsa foram presos. Eles seguem custodiados à disposição da Justiça. 

“Após as duas primeiras prisões conseguimos elementos diante da análise do material apreendido, da escuta de testemunhas e oitivas, de modo a alcançar outros envolvidos no grupo criminoso. Os cumprimentos de hoje vão robustecer, ainda mais, a nossa investigação”, ressaltou a diretora do DHPP, delegada Andréa Ribeiro. 

A ação conta com policiais do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Coordenação de Operações Especiais (COE), da Polícia Federal (PF), do Departamento de Inteligência da Polícia Civil (DIP) e do Departamento de Polícia do Interior (Depin).