Um soldado da Polícia Militar da Bahia, acusado de atuar no homicídio do coordenador da 5ª Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) de Itabuna, em fevereiro deste ano, foi preso nesta quinta-feira (11) na cidade de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS).

Foto: Reprodução / Polícia Civil – Haeckel Dias

De acordo com a Polícia Civil (PC), o soldado se apresentou no Batalhão de Choque, em Lauro, é suspeito de ter participado do homicídio de Pablo Matos Barros.  

 O soldado é a segunda pessoa capturada por envolvimento no crime. A primeira, responsável por informar os autores do delito sobre os passos da vítima, foi presa no dia 2 deste mês. O suspeito de ser o executor do homicídio, que é PM, já teve o mandado de prisão expedido. 

De acordo com as investigações da 6ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) e da Delegacia de Homicídios de Itabuna, a motivação do crime foi uma dívida contraída pela vítima com proprietários de máquinas caça-níqueis. 

Fonte: Bahia Notícias