Condenada a 16 anos de prisão pelo homicídio do próprio pai, uma mulher teve o mandado de prisão cumprido, nesta quinta-feira (28), em Jequié.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), com a intenção de controlar a propriedade rural do genitor, ela encomendou a morte da vítima e pagou a quantia de R$ 500.

Foto: Reprodução / TV Sudoeste

Agenor Pales Novaes foi morto por esganadura, no ano de 1998.

A prisão ocorreu durante uma operação da Delegacia Territorial (DT/Jequié). A mulher será encaminhada para o sistema prisional.