O primeiro caso de novo coronavírus na Chapada Diamantina foi confirmado na noite desta quarta-feira (1°). Trata-se de um paciente de Palmeiras, que esteve internado no Hospital Regional da Chapada, em Seabra.

Segundo informou ao Bahia Notícias prefeito de Seabra, Fábio Miranda, o paciente já recebeu alta e viajou para Palmeiras.

Por conta de o paciente ter circulado em Seabra e parentes dele morarem no município, Miranda prorrogou nesta quinta-feira (2) o decreto de emergência. Com isso, fica suspenso o comércio, o que inclui feiras livres. A medida ainda proíbe, entre outros pontos, hotéis e pousadas de receberem hóspedes vindos de locais com casos confirmados da Covid-19. 

Fábio Miranda disse ainda que as medidas valem por mais cinco dias, e que a revogação delas depende da posição do Estado.