Identificado como Genildo Amparo do Nascimento, mas conhecido pelo vulgo de ‘Gene’, o dama de espadas do Baralho do Crime da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), morto na madrugada desta terça-feira (2), era tido como a terceira liderança da facção Bonde do Maluco (BDM).

Segundo a Polícia Civil, Gene foi morto durante ação das equipes em uma residência no bairro Petim, no município de Sapeaçu, na região do Recôncavo Baiano. Ele estava com mandados em aberto por roubo, associação criminosa, corrupção de menores, extorsão mediante sequestro e homicídio. 

De acordo com informações do Portal A Tarde e confirmadas pelo BNews, o suspeito era natural da cidade de Valença, na região do baixo sul da Bahia. Ele passou a integrar o Baralho do Crime em junho de 2019. 

Na ocasião em que Gene entrou na lista de procurados, outros seis indivíduos foram adicionados juntamente – Vaninha, Gordo Paloso, Bolota, Elias, Patolino e Maicon.

A primeira prisão de Gene aconteceu em março de 2015, em Miguel Calmon, no norte do estado, por suspeita de participação em crime de duplo homicídio e roubo de moto, ocorrido no povoado de França, em Piritiba.  

Fonte: BNews

Siga-nos no Instagram e acompanhe as notícias no Google News – Participe do nosso grupo no WhatsApp