Quase 100 servidores da prefeitura de Feira de Santana estão sem salários. Os funcionários atuam na secretaria de Desenvolvimento Social (Sedeso).

Segundo o Acorda Cidade, o bloqueio dos pagamentos ocorre devido ao fato dos servidores não conseguirem comprovar que trabalharam nos meses de setembro e outubro. A maioria dos funcionários atua nos Centros de Referência em Assistência Social (Cras).

Ao site, o secretário de Desenvolvimento Social, Pablo Roberto, disse que a pasta tem vários equipamentos espalhados pela cidade e os coordenadores ou chefes gerais são quem confirmam a presença dos trabalhadores. Roberto declarou que assim que a frequência fora comprovada, as cooperativas, responsáveis pelos servidores, farão o pagamento.

Por Bahia Notícias

COMPARTILHE