Um jornalista de Araraquara (SP) foi cobrir um acidente entre carro e caminhão na Rodovia Antônio Machado Sant’Anna (SP-255), na manhã desta quarta-feira (8), e descobriu que seu filho era a vítima fatal da colisão.

Carlos Alberto Baldassari fazia uma live em sua página de notícias no Facebook e, ao se aproximar do local do acidente, descobriu que o carro envolvido era o do filho, Tiago Cequeto Baldassari, de 32 anos.

A transmissão foi interrompida e, momentos depois, o repórter iniciou uma nova live e confirmou que a vítima era seu filho, que o acompanhava nas apresentações dos programas do canal ‘Balda News’.

“Vida de repórter é isso. Muitas pessoas, talvez, não vão entender o momento em que a gente está vivendo aqui na rodovia. Ali está o carro que se envolveu no acidente, o corpo já foi retirado por isso eu estou mostrando para vocês, o caminhão foi parar a cerca de 100 metros ali no acostamento. E vocês se segurem agora porque eu vou dizer quem é o condutor do veículo que perdeu a vida aqui: é meu filho, o Tiago, que fazia comigo todos os dias a apresentação dos programas, as lives e essa manhã a gente veio cobrir o acidente e quando eu cheguei, era meu filho”, lamentou.

Tiago deixou a esposa, que estava grávida de três meses, uma filha de 8 anos, os pais e a família.

“Infelizmente, neste mundo que a gente vive da reportagem, tem hora que a gente vai cobrir ocorrências que envolvem familiares. Infelizmente, hoje, é o meu filho. A gente perde o Thiago e que Deus o receba de braços abertos, é um menino bom, de bom coração”, completou.

O Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) estiveram no local para fazer o resgate das vítimas, mas o motorista do veículo morreu na hora.

A polícia desviou o trânsito para uma das faixas da rodovia para preservar o local para a realização de perícia.

Com a rodovia reduzida a uma faixa, o trânsito ficou lento no local e um motoqueiro acabou colidindo na traseira de um caminhão de cana.

A vítima foi socorrida em estado grave pela viatura da Via Paulista/Arteris, concessionária que administra o trecho da rodovia.

Fonte: G1