Uma gravação feita pela câmera corporal do soldado Samuel Wesley Cosmo, morto após ser baleado durante um patrulhamento contra o tráfico de drogas na cidade de Santos, em São Paulo, captou o momento em que ele foi atingido no rosto.

As imagens mostram o agente caminhando em uma comunidade na companhia de outros dois colegas de farda. É possível ver também que, em um determinado momento, Cosmo entra em uma viela, saca a arma, mas se depara com um suspeito, que atira contra ele e, em seguida, foge.

O soldado foi socorrido e levado à Santa Casa de Santos em estado gravíssimo. Ele não resistiu e morreu horas depois. No local da ocorrência, a polícia apreendeu um celular, um carregador de pistola e um estojo de munição 9mm.

O policial era casado e pai de duas filhas gêmeas, que ainda são bebês. Ele também era irmão de outro policial que foi morto a tiros em abril de 2018 ao deixar o posto de trabalho, em Santo André, no ABC Paulista.

Por BNews