Criminosos fogem sem dinheiro após explodirem dois bancos em Ipirá



Os criminosos que explodiram duas agências bancárias da cidade de Ipirá, a cerca de 200 quilômetros de Salvador, fugiram sem levar nenhum dinheiro porque não conseguiram arrombar os cofres, segundo informou, nesta sexta-feira (4), a Polícia Civil do município, que investiga o crime. Os suspeitos, ainda não identificados, estão sendo procurados.

A polícia informou, ainda, que dois carros com placas de Salvador que foram utilizados na ação pelos criminosos foram encontrados abandonados perto do município de Itaberaba, na região da Chapada Diamantina.

O roubo

A ação começou por volta das 2:15hs e durou cerca de 40 minutos, quando uma quadrilha com cerca de 20 homens, atirou contra a sede da 98ª Companhia Independente de Polícia Militar [CIPM] como forma de evitar uma reação policial. Ainda na frente local, situado no bairro Flor da Chapada, o grupo ateou fogo em um carro.  Depois, os bandidos rumaram para a Praça Roberto Cintra onde detonaram as duas agências.

Pacientes que estavam em um ônibus, estacionado perto das agências, e viajariam para tratamento de saúde foram tomados como reféns. De acordo com a 98ª CIPM, eles foram libertados na fuga dos bandidos na BA-052, próximo ao povoado do Pau-Ferro, município de Ipirá. Durante a ação, foram disparados vários tiros, que assustaram os moradores da cidade.

Com informações do G1

 

Participe de nosso grupo de WhatsApp clicando aqui.

BAIXE NOSSO APLICATIVO