O presidente da Assembleia Legislativa de Alagoas, Marcelo Victor (MDB), prestou depoimento nesta sexta-feira (30). Ele foi abordado pela Polícia Federal portando uma mala de dinheiro. Para a PF, os valores seriam utilizados para compra de votos.

O deputado estava acompanhado de um assessor em um hotel em Maceió. Durante a averiguação da PF, foi encontrada uma mala com cerca de R$ 145 mil e material de campanha, segundo apurou a Folha.

Marcelo Victor é candidato a deputado estadual com apoio da família Calheiros, do senador Renan Calheiros e do ex-governador alagoano Renan Filho, ambos do MDB. Neste ano, Renan Filho tenta uma vaga no Senado.

De acordo com a Folha, durante a abordagem, o assessor do deputado, identificado como policial militar, reagiu e saiu correndo com a mala, tendo sacado uma arma durante a ação. Um inquérito deve ser aberto para apurar o caso.

Fonte: Bahia Notícias