O Grupamento Especializado de Operações Penitenciárias (GEOP) surpreendeu um grupo de cerca de vinte homens armados com fuzis e pistolas na madrugada deste sábado (10), quando tentavam acessar uma área restrita nas proximidades do Presídio de Salvador, parte do Complexo da Mata Escura. Policiais penais trocaram tiros com os suspeitos que fugiram.

De acordo com informações obtidas junto aos policiais, os homens adentraram a mata fechada, deixando pelo caminho uma mochila com 10 celulares, 14 carregadores, diversos fones de ouvido, chips, cabos USB, fios elétricos, cimento e aguardente.

Durante a troca de tiros, guarnições que compõem a Operação Força Máxima do Complexo foram acionadas e atuaram no suporte das equipes que tiveram o primeiro contato com os homens armados.

Já pela manhã, novas incursões foram realizadas por equipes do GEOP na mata aberta e arredores do anexo do Presidio Salvador, onde foram encontrados mais 10 celulares, três cápsulas de munição calibre 12 e carregadores diversos.

Essa tentativa de invasão frustrada ocorreu em meio à Operação Força Máxima, que está em curso desde o mês de outubro de 2023 e segue até depois do carnaval, período considerado sensível pelas Forças de Segurança do Estado.  

© Bahia Notícias