O pagamento do auxílio emergencial do Bolsa Família começará em abril, de acordo com informações do Ministério da Cidadania. Os beneficiários do Bolsa Família devem receber de acordo com o calendário do programa já estabelecido.

Assim, o primeiro pagamento será realizado no dia 16 de abril, conforme o pagamento pelo Número de Identificação Social, o NIS. O valor do benefício deve variar em três valores, de acordo com o portal Metrópoles, R$ 150, R$ 250 ou R$ 375.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, comentou no último dia 8, a estimativa do valor das próximas parcelas. “Esse é um valor médio, porque se for uma família monoparental, dirigida por uma mulher, aí já é R$ 375. Se tiver um homem sozinho, já é R$ 175. Se for o casal, os dois, ai já são R$ 250. Isso é o Ministério da Cidadania, nós só fornecemos os parâmetros básicos, mas a decisão da amplitude é com o Ministério da Cidadania“, explicou o ministro em coletiva no Palácio do Planalto.

Calendário oficial do auxílio emergencial do Bolsa Família

O calendário oficial ainda não foi divulgado, porém, conforme informações preliminares o pagamento deverá ser feito de maneira escalonada e sempre nos últimos 10 dias uteis do mês. As informações são do portal Metrópoles,

Por exemplo, quem tiver o NIS final 1 receberá 16 de abril, já quem tiver final dois receberá dia 19. Seguindo essa sequência no pagamento dos neneficários seguintes.

Número de parcelas auxílio emergencial do Bolsa família

Serão, ao todo, quatro parcelas destinadas a este grupo. Para isso, deverá ser publicada uma Medida Provisória (MP). A expectativa é que o texto seja publicado nesta terça (16) ou quarta-feira (17).

Auxílio emergencial 2020

Em 2020 foram pagas duas rodadas do auxílio emergencial. Na primeira, os pagamentos variaram de R$600 e R$ 1200 por mês – neste último caso para mães consideradas chefes de família. Já na segunda rodada os valores caíram  para R$ 300 e R$ 600.

Atualização de dados Caixa Tem 

A Caixa indicou que os usuários do aplicativo Caixa Tem devem atualizar seus dados no aplicativo. Importante destacar que os dados não serão solicitados por e-mail, por exemplo, a atualização deve ser feita direto no aplicativo.