Desde sua criação, em 2020, o Pix ganhou uma série de funções e incorporou novidades que tornam a rotina financeira dos brasileiros mais fácil. O Banco Central continua em busca de aperfeiçoar a plataforma, e por isso prepara mais lançamentos para os próximos meses.

Leia mais: Após reforma tributária, governo poderá cobrar IVA sobre Pix, boleto e cartão?


A autarquia divulgou recentemente o “Relatório de Gestão do Pix – Concepção e primeiros anos de funcionamento 2020-2022”, documento que revela as novas funcionalidades na qual está trabalhando. Entre elas está o Pix Automático.

Como o Pix Automático vai funcionar?

O novo recurso vai possibilitar a realização de pagamentos recorrentes de forma automatizada, semelhante ao débito automático oferecido pelos bancos. O pagador deverá autorizar a operação uma só vez para não precisar realizar a transação novamente todos os meses.

Essa funcionalidade evita o agendamento ou a transferência manual do dinheiro, uma vez que a maioria das contas já possui a opção de pagamento via Pix. Outra vantagem é assegurar que o débito será quitado no dia correto, evitando multas e juros por atraso.

O Banco Central planeja disponibilizar o recurso para todos os usuários do Pix, sem necessidade de criar uma nova conta para ter acesso a ele. Seu lançamento está previsto para abril de 2024, conforme consta no relatório.

Mais recursos anunciados

Outra novidade apresentada pela autarquia é o Pix sem internet (offline), que promete facilitar transações “como pagamentos de pedágios em rodovias, estacionamentos e transporte público”. Ainda não há detalhes sobre o funcionamento dessa nova opção.

O documento também antecipa o lançamento de um canal secundário, previsto para outubro, para processamento de pagamentos não prioritários do Pix. Ele terá como foco os agendamentos e sua finalidade será evitar a sobrecarga do canal principal do sistema.

Fonte: Edital Concursos Brasil

Siga-nos no Instagram e acompanhe as notícias no Google News – Participe do nosso grupo no WhatsApp