O governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é aprovado por 51,6% dos eleitores brasileiros, enquanto 43,7% desaprovam a gestão petista. Outros 4,7% disseram não saber ou não responderam. Os números são de levantamento da Paraná Pesquisas realizado de 29 de setembro a 3 de outubro de 2023.

O percentual de desaprovação do governo Lula oscilou para cima, dentro da margem de erro, de 2,2 p.p (pontos percentuais), desde a última pesquisa realizada pela empresa. Em maio deste ano, 39,4% dos entrevistados disseram desaprovar a gestão do atual presidente e 54,1% aprovavam.

O levantamento entrevistou 2.020 eleitores em 162 municípios dos 26 Estados e do Distrito Federal de forma presencial de 29 de setembro a 3 de outubro de 2023. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais em um intervalo de confiança de 95%. Por não ser ano eleitoral, não é necessário registro no TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Eis a íntegra da pesquisa (PDF – 604 kB).

A pesquisa também mostra que 25,2% consideram a administração de Lula “boa”, enquanto 13% acham “ótima”. A avaliação negativa da gestão do presidente é de 35,1% –somados os percentuais de respostas “ruim” (8%) e “péssima” (27,1%). Para 25,7% é “regular” e 1% disse não saber ou não respondeu.

Segundo o levantamento, 31,3% dos brasileiros acham que a administração de Lula está “pior” do que esperavam contra 28,4% daqueles que consideram que está “melhor”. Outros 38,2% disseram que o atual governo está “igual” à expectativa que tinham, e 2,1% não sabem ou não responderam.

Aos serem questionados sobre a situação financeira desde que Lula assumiu o Palácio do Planalto, os entrevistados responderam:

  • “ficou como estava”: 41%;
  • “melhorou“: 30,5%;
  • “piorou”: 27%.

ELEIÇÕES 2026

Lula lidera a disputa para a Presidência da República em todos os 4 cenários estimulados de levantamento da Paraná Pesquisas. A empresa questionou os entrevistados como se a eleição fosse hoje. 

O governador de São PauloTarcísio de Freitas (Republicanos), aparece em 2º lugar em todas as simulações em que seu nome é mencionado. Quando não é, o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), é o 2º candidato com maior intenção de voto para vencer a próxima eleição presidencial.

Tag