Um jovem identificado como Marciel Medeiros da Silva, de 18 anos, foi morto a tiros no Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja) Profª Maria Do Carmo Reverdosa Da Cruz, localizado no bairro Itararé, na zona Sudeste de Teresina, na tarde desta quinta-feira (22). O corpo do estudante foi encontrado na entrada da instituição educacional. De acordo com informações apuradas, Marciel era aluno da 5ª etapa do Ceja.

Uma equipe do 8° Batalhão de Polícia Militar isolou a área, enquanto familiares do jovem se encontravam na entrada da escola, visivelmente abalados com a tragédia. Conforme apurado pelo A10+, o estudante estava deixando a escola quando foi surpreendido por um criminoso que disparou contra ele e fugiu em direção desconhecida.

Uma fonte que trabalha na escola relatou à TV Antena 10 que a vítima poderia ter vínculos com facções, mas essa informação ainda será investigada pela Polícia Civil. O Instituto de Medicina Legal (IML) foi acionado para remover o corpo do local.

O caso ficará sob responsabilidade do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) durante as investigações. O A10+ também descobriu que, na semana passada, Marciel foi levado à Central de Flagrantes de Teresina após ser abordado, pois estava em posse de um celular com restrição de roubo e furto. Ele afirmou ter adquirido o aparelho dois anos atrás, por R$ 70,00, de um homem que posteriormente foi assassinado na comunidade onde residia, na Vila Mariana.

Fonte: Terra Brasil Notícias

Siga-nos no Instagram e acompanhe as notícias no Google News – Participe do nosso grupo no WhatsApp