Enquanto muitos desfrutam de férias, outros estão atrás de oportunidades de compra neste início de ano. Para quem gosta de carros, o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) fará na próxima terça-feira (16/1) o primeiro leilão de apreendidos de 2024. São mais de 300 itens, entre carros, motos e até um reboque azulão.

Alguns dos veículos apresentam nítidas avarias na lataria, o que interfere no preço final. Outros, não necessariamente os mesmos, têm vários anos de uso; por isso, registram bastante procura, em virtude dos preços mais baixos na comparação com os do mercado de usados.

A grande vantagem dos carros de leilão de apreendidos é a certeza de adquirir um carro com documentos completamente regulares, sem más surpresas na hora de transferir. Alguns carros são bem novos, de poucos anos de uso.

Inteiramente on-line, o leilão ocorre no site do leiloeiro oficial, o FlexLeilões. Qualquer pessoa pode participar, desde que more no Distrito Federal, pois o Departamento de Trânsito não autoriza a transferência dos bens para outras unidades da Federação.

Uma dica que é quase uma obrigação: ir até o pátio do leiloeiro ver de perto o automóvel desejado, já que cada carro ou moto será leiloado “no estado que se encontra”. Novidade neste certame, os carros estão com os capôs de motores abertos, o que permite pelo menos a fiscalização visual.

Todos os veículos estão no Pátio da Flexleilões, no Setor de Transportes Rodoviários e Cargas (STRC Sul), Trecho 2, Conjunto B, lote 2/3 (próximo ao Detran do SIA), até esta sexta-feira (12/1) de 8h30 às 17h30.

O custo total do bem é a soma do valor do lance vencedor mais 5% de comissão do leiloeiro, somado a uma taxa de serviço de R$ 78,39 a R$ 94,07 (R$ 224,72 para o reboque), além do preço para emissão do boleto bancário, se necessário (R$ 5). O pagamento só pode ser feito à vista.

Há de se prever, ainda, os custos de transferências e de eventual emplacamento, com identificação tipo Mercosul.

Neste primeiro leilão do ano, quase todos os veículos têm preço inicial inferior a R$ 10 mil, com uma exceção: um Toyota Hilux SRV de 2012. Mesmo o Fiat Toro de 2020 (foto em destaque) tem lance inicial baixo: R$ 9 mil. A grande maioria não chega a R$ 3 mil.

Metrópoles pesquisou a lista dos 166 carros e 158 motos disponíveis, que apresentam opções para todos os gostos e bolsos.

Os mais baratos

Há 25 carros com lance inicial de no máximo R$ 1,5 mil. E, apesar de não serem exatamente os mais recentes, a aparência de alguns é de bastante conservação pela idade.

Carros com até 10 anos de uso

Há 12 carros construídos de 2015 para cá, alguns precisando de reparos na lataria. Há também “novinhos” na lista das “estrelas”; mas estes abaixo apresentam a vantagem de serem recentes, e com preços abaixo de R$ 5 mil.

Estrelas

VW Golf GTI, um clássico com belíssima aparência por R$ 4,5 mil. Ou então o Honda CRV, “tanque de guerra” por R$ 7,5 mil (há um outro de modelo mais antigo, 2009). E claro, o Fiat Toro de 2020, que deve ser o lote com maior preço final, já que a Hilux precisa claramente de cuidados no mínimo na estética.

Motos

As motos vão fechar o dia do leilão. Nossa galeria apresenta um exemplar de cada modelo, mas há várias opções de ano e de cor, particularmente nos modelos Honda CG, que sejam 125, 150 ou 160.